Próteses Fixas – Totais

As próteses fixas totais são usadas em casos em que o paciente perdeu todos dentes de uma ou de ambas as mandíbulas e prefere usufruir das vantagens de uma prótese fixa.

Nos casos em que não existem dentes para utilizar as próteses do tipo coroas ou pontes, são necessários implantes totais.

Os implantes totais fixos têm vantagens sobre as próteses removíveis. Por darem para retirar e tornar a colocar não estão tão seguras no local e o seu movimento pode provocar feridas na boca e tornar a mastigação bastante desconfortável.

O dentista começa por fazer um molde da prótese para garantir que se encaixa de uma forma eficaz no paciente. Para aplicar as próteses são criados pontos de fixação, ou implantes, nos ossos da boca, entre 5 a 6 pontos na mandíbula inferior e entre 6 e 8 na mandíbula superior. Neste procedimento é usada anestesia local, embora nalguns pacientes mais nervosos seja utilizada uma anestesia geral que mantém o paciente acordado e activo às ordens do médico mas sem qualquer dor ou recordação. Ainda no mesmo dia ou no dia seguinte à colocação dos implantes é colocada a prótese.

Com a prótese fixa total o doente recupera todas as capacidades que tinha com os dentes naturais, mesmo o aspecto é muito parecido. O utilizador das próteses totais ganha novamente auto confiança assim que consegue retomar a alimentação normal e que tinha interrompido assim que ficou sem dentes.

MAIS ARTIGOS
  • Prótese Fixa
    Hoje em dia existe muitas pessoas que necessitam da colocação
  • Próteses Fixas – Pontes
    As próteses fixas pontes são usadas em casos em que
  • Implante Dentário
    Muitas vezes os nossos dentes deixam de ser o que
  • Enviar Comentário